Manor considera volta à F1 caso tenha teto orçamentário - Pós Bandeirada
Manor considera volta à F1 caso tenha teto orçamentário

Manor considera volta à F1 caso tenha teto orçamentário

Compartilhe



  Manor considera que F1 é um "Negócio Inacabado"

  Graeme Lowdon, que administrou a equipe até 2015 disse ao jornal finlandês Turun Sanomat “Se nada mudar (colocar teto orçamentário ou reduzir custos) , não poderemos voltar, porque é impossível correr contra essas grandes equipes”

  Ouvimos da FIA e do Liberty que um trabalho está sendo feito para reduzir os custos para equipes privadas. Neste caso, estamos interessados em voltar. Booth e eu temos negócios inacabados na F1.”

  O time entrou na F1 em 2010, sob a promessa de um teto de gastos.

  Mesmo sem este teto, a Manor conseguiu se manter até o fim de 2016, mas, no início de 2017, o time enfrentou grandes dificuldades pela falta da premiação, já que perdeu a nona posição de construtores para a Sauber em Interlagos, e declarou falência.

Paginas