Christian Horner concorda com administração da Liberty e diz "F1 deve ser entretenimento, não tecnologia" - Pós Bandeirada
Christian Horner concorda com administração da Liberty e diz "F1 deve ser entretenimento, não tecnologia"

Christian Horner concorda com administração da Liberty e diz "F1 deve ser entretenimento, não tecnologia"

Compartilhe

  Chefe da Red Bull considera administração da F1 pelo grupo Liberty Media algo positivo, mas entende que outras equipes rejeitem a mudança.

    Mesmo no comando a apenas um ano, o grupo já fez algumas mudanças sutis na categoria, e agora discute ajustes mais notáveis, algo que grandes equipes como Renault, Mercedes e principalmente Ferrari estão se mostrando contrário (como o motor proposto para 2021).

  "É inevitável a discordância assim que começamos a falar de dinheiro. Já um pouco de agitação no momento, mas acho que tudo o que a Liberty tem feito ate agora tem sido positivo. E espero que continue assim."

  Sobre o que ele e a Red Bull esperam da F1 para os próximos anos, Horner disse "O interesse da Red Bull é estabelecer um ótimo show, atraindo o fã e o consumidor, permitir que as personalidades dos pilotos venham à tona. A F1 deve ser um esporte e entretenimento em vez de um desafio tecnológico e de engenharia"

  E acrescentou "Claro, tecnologia tem seu espaço, mas sempre por algum motivo, e acho que esses valores são divididos de uma maneira razoavelmente próxima pelo Liberty".

Paginas