Chefe da Sauber pondera teto de gastos na F1 - Pós Bandeirada
Chefe da Sauber pondera teto de gastos na F1

Chefe da Sauber pondera teto de gastos na F1

Compartilhe

  Ex diretor da Renault e atual diretor e chefe da Sauber, Frederic Vasseour teme que as equipes tenham um limite orçamentário, mas vê vantagem para sua atual equipe

  Segundo Vasseour, em entrevista ao motorsport, "Se tivermos o mesmo dinheiro das equipes de ponta, diminuiríamos a diferença", mas completa, "Mas não sei se teríamos de fazer isso através das regras, como algumas peças padronizadas. Então, as maiores equipes poderão gastar o mesmo que hoje, mas por ganhos pequenos".

  “Se você quer ter um teto de 150 milhões, isso não afetaria a Force India, não nos afetaria, e não afetaria a maioria das equipes”

  "A Mercedes sempre poderá gastar mais do que nós, o que não tem problema. Mas, pelo menos, precisa haver a oportunidade para as equipes menores estarem em posição de lutar por um pódio.”

   “Por um lado, acho que as coisas estão avançando em uma boa direção. Estamos provavelmente mais próximos dos fãs, e essa parte do negócio está indo na direção correta.”

  “As regras de motores serão mais uma questão para as fabricantes de motor, sendo que a minha preocupação enquanto cliente é que mantenhamos custos razoáveis, e, talvez, diminuirmos a diferença do grid entre as fabricantes – porque, se isso não acontecer, acaba com o suspense.”

Paginas